Start up! Artes Gráficas

Trabalhos feitos por profissionais com + de 10 anos de experiência em artes gráficas!

Principais sites de Notícia do Brasil

Rio Grande do Sul e Vale do Taquari (Lajeado e região)

Canva

O software online que veio para ficar!

Cores

Curiosidades sobre cores

Design Freelancer

Quais as etapas da venda de um projeto

Monitores

Qual o melhor monitor para designer gráfico?

E quando não existia Photoshop?

Veja como eram editadas as fotos

Contraste Edições Fotográficas

Convites, lembranças, foto produtos e muito mais... Confira!

quarta-feira, 29 de março de 2017

5 DICAS DE SOBREVIVÊNCIA PARA DESIGNERS GRÁFICOS (E-BOOK GRATUITO)


Já passou por momentos turbulentos em sua vida profissional? Muitas vezes vivenciamos aquela fase onde o mar não está pra peixe e a maré de azar parece não passar.
Mas são em épocas como essas que os bons profissionais se destacam, conseguindo contornar a crise e mostrando seus diferenciais.
Se você busca destaque no mercado de trabalho como designer gráfico, o pessoal da Mister Print preparou um e-book muito interessante com 5 dicas de sobrevivência para designers gráficos.
O e-book é gratuito e pode ser baixado clicando na imagem abaixo:

Qual o conteúdo do e-book?

Você sabe a diferença entre Marca PessoalMarketing Pessoal e Personal Branding? A primeira dica do e-book trata sobre isso de forma bastante didática e esclarecedora.
Você verá também a importância de fazer um portfólio o quanto antes (afinal é através dele que seus potenciais clientes ou empresas verão suas habilidades, qualificações e experiência antes de te contratar) e terá dicas de plataformas para criar um.
Entenderá como o planejamento é importante para um designer gráfico. Como diz certo trecho do e-book, “planejar é ter um norte, não uma garantia de que tudo irá acontecer exatamente como planejou”.
Tem dúvidas sobre prospecção? Aplicando o passo-a-passo do e-book você terá mais chances de conseguir (e fidelizar) clientes, além de conferir uma importantíssima dica final.
Tem bastante conteúdo de qualidade te esperando. Baixe gratuitamente e comece a lê-lo hoje mesmo!
Depois conte-nos o que achou!

Fonte: https://www.designerd.com.br

5 BANCOS DE IMAGENS DIFERENTÕES PARA VOCÊ TESTAR HOJE MESMO


Se você trabalha diariamente com imagens, provavelmente tem uma bela lista de bancos de imagens em seus favoritos.
E para aumentar ainda mais essa lista, ou caso ainda não encontrou bons bancos de imagens gratuitos, dê uma olhada no post onde citamos 7 opções.
Mas, muitas vezes temos necessidades específicas. E se eu quiser somente imagens de alimentos. Ou imagens arquitetônicas. Ou ainda, somente imagens com fundo transparente?
Nesse caso, existem alguns bancos de imagens feitos especialmente para suprir essas necessidades.
Confira 5 opções que fogem do comum e teste hoje mesmo!

Apenas arquivos em PNG com fundo transparente

PngPix pode ser uma bela ajuda para designers e outros profissionais criativos que procuram imagens (de objetos, animais ou pessoas) em PNG com fundo transparente.
Perfeito para aquela montagem marota no Photoshop. Acesse o site e teste!

Só fotografia de alimentos

Se você procura por imagens de alimentos, o Foodiesfeed é uma boa pedida. São diversas fotos separadas em categorias como Café e Drinks, Massas e Pizzas, Frutas e Vegetais e várias outras.
Vale a pena acessar o site e conferir as fotos.
Extra: Existe também o Free Food Photos e o FoodEverest, duas outras boas opções.

Para quem curte arquitetura

Um belo projeto brasileiro nascido em 2008 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. No Arquigrafia você pode baixar imagens relacionadas à arquitetura e também contribuir com suas próprias fotografias.
É muito interessante visitar o site e conferir seu conteúdo.

Banco de Imagens da NASA

Você sabia que a NASA possui um banco de imagens (e vídeos), com fotos lindíssimas em alta resolução?
Além dele, a agência também possui o perfil NASA on The Commons no Flickr, com fotos históricas de missões espaciais.

Especialmente para Startups

Quem está começando um negócio muitas vezes precisa de boas fotos para ilustrar seu produto.
O banco de imagens Startup Stock Photos tem justamente essa finalidade: oferecer imagens que podem ser usadas por empresas de tecnologia em seu estado inicial.
O site peca apenas por não ter um sistema de busca, mas ainda assim pode ser bem útil para quem procura imagens desse tipo.

Fonte: https://www.designerd.com.br

5 Estúdios de Animação que vale a pena conhecer



Não é nenhuma novidade que o Motion Design é atualmente uma procura bem grande pelo pessoal que já trabalha em design gráfico, publicidade, artes e também estudantes dessas mesmas áreas.
Mas, em uma imensidão de estúdios por todos os lados, quais eu posso utilizar como referência naquele momento de inspiração?
É por essa dúvida que eu quis compartilhar 5 estúdios de animação que eu guardo no coração.

Giant Ant

Des1gnon - Estudios de Animação - Motion Design - Giant Ant
Giant Ant
Este ano, a Giant Ant fez 10 anos de experiência, com um leque de projetos espetaculares na área de motion design.
O que mais me encanta no trabalho deles é a diversidade que existe entre cada projeto realizado. Eu acredito que eles conseguem utilizar a identidade do cliente e o toque particular de cada profissional de uma forma muito boa.
Além disso, a forma que eles comunicam em suas redes sociais, como facebook e instagram, nos faz acreditar que existe um sentimento muito familiar dentro do estúdio, de amigos, que estão sempre apoiando um ao outro.
Entre os clientes do estúdio canadense estão a plataforma Slack, o Mailchimp, o Google, o Costa del Mar, o Men’s Health, o Asana, o TNT, entre outros.
Você pode conferir o trabalho deles aqui.

Buck

Des1gnon - Estudios de Animação - Motion Design - Buck
Buck
Com sede em Los Angeles, Nova Iorque e Sydney, a Buck é um coletivo de designers, artistas e contadores de histórias (como gostam de ser chamados).
O estúdio também me encanta com a diversidade dos projetos, mas o que mais me atrai são as suas composições e timing de animação.
Assim como o seu trabalho, sua cartela de clientes é espetacular. Entre eles estão Instagram, Facebook, Nike, Oreo, IBM e Google.
Você pode conferir o trampo deles aqui.

Cub Studio

Des1gnon - Estudios de Animação - Motion Design - Cub Studio
Cub Studio
O estúdio surgiu com a junção de duas grandes figuras do design e motion design: Fraser Davidson e Bem Skinner.
Davidson já carregava mais de uma década de experiência na indústria de animação, ganhando inúmeros prêmios por suas animações. Trabalhou com algumas das maiores marcas do mundo.
Já Skinner, também com mais de 10 anos de experiência, focou mais em marketing online, SEO, Performance e UX, dentro de campos relacionados com design.
Quem já conhecia o Davidson percebe que existe muita influência dele em todos os projetos da Cub, tanto na sua estética como no estilo de animação. Porém, toda equipe possui autonomia e excelência em seus trabalhos e eu acho que é isso que torna esse estúdio tão massa.
E o melhor, eles estão sempre à procura de novos motion freelancers para integrar a equipe. Fica a dica!
Com alguns clientes diferentes dos anteriores, estão empresas do ramo esportivo como ESPN, NFL, Strava, Fox Sports, e também de diversos clientes como Facebook, Dropbox, Expedia, Prizeo e outros.
Você pode conferir o trabalho deles aqui.

Plenty

Des1gnon - Estudios de Animação - Motion Design - Plenty
Plenty
Descendo pra América Latina, a Plenty tem uma pegada um pouquinho diferente das anteriores por conta do mercado que eles trabalham.
O foco atual da empresa é Publicidade e Branding para canais de TV. Vibrantes, coloridos, humorados, além da combinação entre elementos 2D e 3D a equipe realiza projetos que são de encher os olhos.
Com isso, os clientes que já passaram pela timeline deles são Fox, HBO, Sony Max, Warner, Nickelodeon, TCL, AXN e muitos outros que podemos encontrar nos pacotes de TV a Cabo.
O trabalho deles podem ser encontrados neste link.

Animade

Des1gnon - Estudios de Animação - Motion Design - Animade
Animade
Por fim, não menos especial o lindo estúdio de Londres, Animade.
Deixei eles no final porque acredito que, assim como a Plenty, eles possuem uma toque diferente das primeiras citadas.
Não somente pelo resultado final dos projetos, mas porque eles são os únicos da lista que trabalham com animação e interação em alguns projetos. Portanto, não só softwares de animação que auxiliam no trabalho dessa equipe, mas também muita programação por trás. É uma ótima referência pra quem quer se aventurar nesses dois universos.
Aliás, eu só passei a conhecer esse pessoal por conta dos projetos interativos que faziam como Frankensin e o Robo Boggie, no qual você faz o seu próprio robô dançarino através de comandos por código (sugiro brincarem disso).
Além desses projetos outros clientes também tiveram a oportunidade de trabalhar com essa equipe, são eles: IBM, Facebook, Airbnb e McDonalds.

Fonte: http://www.des1gnon.com

+ Alguns Quadrinhos Ácidos!! (muito bom)






Fonte: http://www.quadrinhosacidos.com.br

Tirinhas do Zodíaco


























Fonte: http://tirinhasdozodiaco.blogspot.com.br



quinta-feira, 2 de março de 2017

CONFIRA O NOVO LOGOTIPO DA NASCAR!


O novo logotipo da NASCAR abre a nossa saga de redesigns de 2017 com algumas lições importantes para seus futuros designs! : )

A NASCAR (National Association for Stock Car Auto Racing) gerencia todos os motosports americanos e sanciona 1200 corridas que rolam não só em 30 estados americanos, mas também no Canadá, México e até na Europa.
A base da NASCAR fica em Daytona (Florida), e tem gestão familiar desde que foi fundada em 1947. Tudo isso faz desta a liga mais assistida após a NFL!
E um grande público obviamente requer grandes cuidados com o design gráfico, por isso é chegado um novo logotipo:

O redesign da NASCAR esteve em desenvolvimento desde o início de 2016 e seu objetivo é homenagear a história da NASCAR [vídeo] ao encorporar elementos de todas suas gerações.
A nova marca é moderna, atemporal e abraça o legado do esporte, deixando-a concisa, relevante e funcional sem esquecer do nosso passado.
Eu ainda não vi a ligação do logo atual com os velhos, mas whatever: fazer um bom redesign requer apenas não esquecer da marca anterior!
E isso foi feito muito bem ao manter o formato original, porém com o bom-senso que faltou aos designers anteriores em 2 aspectos:
  1. As cores atrás das letras deixava a tipografia um tanto sufocada e incômoda.
  2. O espaçamento era ridículo… para mim, ter letras conectadas e outras separadas evidencia loucura.
Essas mudanças foram muito positivas, porém, o novo logotipo da NASCAR tem uma falha bem grave…

Note que as “faixas” antes do logo não têm boa espessura e espaçamento, além de agora terem cores – tudo isso resultou na perda de sensação de movimento que tínhamos claramente na marca anterior!
Talvez o problema seja o mal uso das cores, que as fez parecer itens isolados =/
De qualquer forma, foi um excelente redesign que deixou marca bem mais clean e contemporânea! E você, o que achou?
Fonte: http://www.temporalcerebral.com.br


E SE OS ANIMAIS DOS DESENHOS ANIMADOS FOSSEM HUMANOS?

Ver animais falantes e com personalidades bastante definidas é algo comum em desenhos e animações. Mas e se fôssemos representá-los em formas humanas?
Foi essa a proposta da ilustradora russa Astkhik Rakimova, que transformou personagens conhecidos como Timão e Pumba, Bob Esponja e o Pateta em seres-humanos.
Quer ver o resultado? Confira suas ilustrações:












Fonte: www.designerd.com.br

Uma loja onde se paga com criatividade

WHAT IF YOU CAN PAY 
WITH CREATIVITY?

Nos últimos anos a Bic vem demonstrando grande interesse pelo empoderamento criativo. A marca vem fazendo campanhas e ações ao redor do mundo pondo mentes criativas para trabalhar. Lembra do concurso Pire no Bic, não? Era só entrar no site e criar uma arte que poderia virar edição especial dos isqueiros Bic.

Trago à vocês uma ação criada pela agência Friendship para comemorar o sexagésimo aniversário da marca M10 Pen. A proposta era utilizar a criatividade como moeda de troca. Foram criadas pela Bic da França, lojas temporárias em Antuérpia e Amsterdã, que não aceitavam formas tradicionais de pagamento pelos seus produtos. Você poderia levar o que quisesse, desde que desenhasse nos pedaços de papéis – que simbolizavam as notas – distribuídos gratuitamente no estabelecimento. Estavam à venda canetas da edição especial Golden e diversos itens personalizáveis feitos de papelão (capas de smartphone, boomboxes, troféus, móveis, brinquedos e muito mais).

Segue imagens da ação, e o vídeo promocional.











Fonte: http://designculture.com.br

Postagens mais antigas → Página inicial